tudo o que é forçado não te está destinado

Quando alguém quer o mesmo que tu, tu notas. Podes é não querer acreditar, podes é querer enganar-te mais um pouco porque a ilusão de que um dia venha a querer/sentir o mesmo que tu é mais saborosa do que encarar a realidade, mas nota-se.

Quando tens de fazer muito esforço, quando é cansativo, quando te esgota as energias, quando te sentes a remar contra a maré não é porque a vida quer que tu lutes, é apenas porque não é nessa direção que tens de ir.

As melhores coisas da vida acontecem naturalmente, quase sem querer, quase sem dares conta, porque acontecem em direção da corrente.

Olha à tua volta, entende os sinais que a vida te dá, ela não te quer mal, ela quer o melhor para ti, mas para que o melhor aconteça tens de parar de te enganar e parar de remar no sentido contrário.

Nunca te esqueças desta regra básica: tudo o que é forçado não te está destinado.