nunca esperes nada de ninguém e muito menos por alguém

Não esperes. Nunca esperes. Não é de esperança que precisas, é de certeza. A esperança é uma forma subtil de te fazer perder tempo.

Deves sim acreditar e confiar que vai correr tudo bem, com ou sem, de uma forma ou de outra, com esta ou com aquela pessoa.

Esperar é só adiar a vida e o depois é um lugar que não existe. Não atires a tua vida para um lugar que não existe. Se a pessoa que decidiu ir embora da tua vida decidir voltar, que volte quando quiser e entender, mas nunca esperes que isso venha a acontecer nem nunca esperes por ela.

Segue o teu caminho, faz-te à vida e quando essa pessoa voltar, se voltar, se calhar já nem a vais querer de volta e caso queiras logo decides se ela merece ou não uma nova oportunidade. Mas, até lá, segue o teu caminho. Porque esperar é desperdiçar. [ Lê mais no meu livro Dá-me um dia para mudar a tua vida]

Um texto de Raul Minh’alma

Imagem de Brooke Cagle