não foi erro teu, foi decisão da vida

Deixa o destino decidir o que vai ou não acontecer e foca-te unicamente na parte que te compete. Que é amar. Que é viver. Que é aproveitar.

Não faças tantas contas e previsões. Não decidas tudo nem projetes tudo. Há tarefas que não são tuas. Há muito na vida que tem simplesmente de se deixar acontecer.

Às vezes não é o que tu querias. Às vezes não é o que tu esperavas. E às vezes vais acreditar que foi erro teu. Mas não! O único erro que podes cometer é não viver com medo do que possa vir a acontecer.

Texto de Raul Minh’alma

Imagem de Heidi Sandstrom